Dicas e Cuidados

Home / Dicas e Cuidados

5 dicas para um sorriso bonito e saudável

sorriso

A saúde bucal depende não só dos cuidados específicos com ela, como escovar, passar fio dental, aplicar flúor, etc. Além disso, manter uma vida saudável também ajuda que seu sorriso fique sempre bonito. Conheça cinco dicas que vão auxiliar na manutenção da beleza dos dentes.

1 – Evite tomar refrigerante, até o diet – Apesar de não possuir açúcar, ele tem componentes que estragam a saúde do dente. No refrigerante de cola, por exemplo, o alto teor ácido faz com que o esmalte dentário fique enfraquecido.

2 – Não fume – Os fumantes têm três vezes mais chances de desenvolver uma doença bucal. Além disso, a recuperação do tratamento não é tão boa quanto a dos não fumantes.

3 – Desestresse – O stress pode causar um desgaste excessivo à sua saúde dentária. Isso ocorre, pois, com esse problema psicológico, as pessoas tendem a ranger e/ou apertar os dentes. Procure um dentista. Ele pode te prescrever um protetor bucal para evitar essas ações.

4 – Vá ao dentista – Além de cuidar da sua saúde dentária, algumas doenças podem ser diagnosticadas numa consulta odontológica. A gengivite pode ser um sinal de diabetes, por exemplo.

5 – Lave a boca – A boca seca atrai cáries. Com o uso de certos tipos de medicamentos, a tendência é que ela seque. Caso isso ocorra, sempre lave a boca com fluoreto ou masque chicletes sem açúcar. Essas medidas ajudam na proteção do esmalte do dente.

Com essas dicas, você pode iniciar a prevenção contra doenças não só bucais, mas do corpo inteiro. Principalmente a de número quatro. Vá ao seu dentista e tenha um sorriso bonito e saudável.

 

Ortodontia: alinhamento perfeito dos dentes

ORTODONTIA1

A Ortodontia é a especialidade que atua na correção de falhas na arcada dentária. Grande parte da população sofre com problemas de alinhamento dos dentes, que podem causar grandes desconfortos nas funções bucais. Outro problema causado por irregularidades nos dentes está relacionada a questão estética, com os chamados dentes encavalados.

Para sanar o problema a ortodontia recorre à aplicação de aparelhos ortodônticos que visam realinhar os dentes. A técnica literalmente empurra os dentes de forma guiá-los para a posição correta. Cada caso exige um tipo de aparelho diferente. Na ortodontia existem diversos modelos de equipamentos como aparelhos móveis e fixos.

Atenção com a higiene

Durante o tratamento, é preciso tomar medidas de higiene mais severas. Isso porque os aparelhos são compostos de componentes muito pequenos e capazes de acumular resíduos de alimentos. Dessa forma, é preciso um cuidado durante a escovação e uso do fio para não deixar que restos de comida se grudem aos aparelhos e acelere a formação de placas bacterianas. E é preciso paciência! Afinal, a ortodontia é uma especialidade que recorre a tratamentos demorados e que exigem dedicação para garantir bons resultados.

Para saber mais informações sobre ortodontia BH, acesse a página de ortodontia BH no site da Odontológica São José.

 

Odontopediatria: Cuidado com os tombos

O odontopediátra é o profissional da odontologia que cuida dos dentes das crianças. Para a formação de uma arcada saudável, é recomendável que os pais levem seus filhos ao odontopediátra logo que surgirem os primeiros dentinhos. Além de ensinar a criança a escovar os dentes de forma correta e estimular a prática da higienização, a visita rotineira ao odontopediátra previne o surgimento de males bucais e pode impedir o surgimento de complicações que os pais não conseguem distinguir.

Boca no chão

Os pais devem ficar atentos com os acidentes que os pequenos sofrem durante os primeiros anos. Por não terem muita firmeza para andar e pelo fato de seus pescoços não terem uma musculatura muito forte, é muito comum que a molecada perca o equilíbrio leve tombos constantemente. E o pior, quase sempre chocam a boquinha no chão.

Quando isso ocorre é bom pedir para que seu odontopediátra faça uma avaliação. Pois mesmo que sejam dentes de leite, um choque muito forte pode causar danos graves às mandíbulas. E isso pode resultar na má formação da arcada definitiva.

Além disso, esses tombos, por mais simples e rotineiros, podem provocar pequenos ferimentos que possibilitam o desenvolvimento de infecções que podem provocar muita dor e desconforto na criança. 

 

Extração: quando é preciso remover um dente

cirurgia

A extração de um dente sempre é associada a um prejuízo. Uma vez que o senso comum dita que apenas dentes irrecuperáveis sofrem extração. Mas na verdade, não é bem assim. Muitas vezes é preciso recorrer ao procedimento como parte de um tratamento de ortodôntico, dentre outras especialidades.

É muito comum proceder uma extração durante um tratamento de alinhamento da arcada dentária. Principalmente quando alguns dentes têm dimensões maiores do que a mandíbulas comportam. Nesse caso, se faz necessária a extração de um ou mais dentes.

Abrindo caminho

Outra situação que exige a extração de dentes é durante a troca de dentição. Há casos em que alguns molares não bambeiam com facilidade, impedindo o crescimento correto do dente permanente. Quando isso ocorre é preciso remover esse dente de leite para não comprometer a saúde bucal da criança.

O procedimento de extração é bastante simples, e também um dos mais antigos da odontologia. No passado, a principal ferramenta para arrancar um dente era o chamado boticão. Uma espécie de alicate que era usado para soltar o dente da gengiva. Hoje a técnica não difere muito, no entanto, há o auxílio de equipamentos modernos, assim como anestésicos que tornam a extração menos traumática.

 

Implante: solução segura e definitiva

 implante2

O implante dentário osseointegrado é uma técnica relativamente nova, com pouco mais de 10 anos de uso. No entanto, muitos pacientes não optam pelo tratamento por ser um pouco mais caro que outras soluções. Afinal, a técnica capaz de devolver as funções bucais como se fosse um dente natural. Porém, tem se registrado um grande aumento de pessoas que passaram a recorrer a esse tipo de tratamento. Muitos pacientes que utilizavam próteses, sendo elas fixas ou móveis, estão substituindo as antigas peças por implantes.

Um dos principais ganhos é a confiabilidade. Segundo os pacientes, o fato de cada dente implantado ser fixado individualmente permite uma melhor mastigação do que as antigas próteses que substituíam vários dentes é uma única peça, que muitas vezes causavam grande desconforto.

Adaptação rápida

Outro ponto positivo do implante é sua higienização. Pacientes comentam que a limpeza é tão simples e rápida como nos demais dentes naturais. Já nas próteses o processo é mais complicado, pois muitas vezes é preciso remover a peça.

 

Clínica geral: o primeiro passo do tratamento dental

fiodental

A clínica geral, na maioria das vezes, é a especialidade que faz o primeiro contato com o paciente. É na clínica geral que se tem uma primeira leitura da saúde bucal. Diagnósticos preliminares, identificam se há cáries, acúmulo de tártaro, inflamações nas gengivas, dentre outros tipos de doenças.

Dependendo do problema do paciente o tratamento pode ser feito na clínica geral. Limpeza e clareamento dos dentes são alguns procedimentos da clínica geral. Quando é identificado algum distúrbio mais grave, o clínico deve encaminhar o paciente para um especialista naquele tipo de problema.

Visitas periódicas

Não deixe de consultar com seu clínico geral, pelo menos duas vezes ao ano. Além de colaborar com a higiene bucal, ele também é capaz de identificar algum tipo de doença em estágio preliminar. Isso contribui para uma solução mais rápida, menos dolorosa e também mais barata.

 

Gengivite: praticas simples de prevenção

A gengivite é uma inflamação dos tecidos moles da boca. A especialidade que trata desse tipo de doença é a periodontia. A gengivite geralmente é causada pela formação de placas bacterianas que atacam as gengivas.

Um dos efeitos da gengivite é a dor na região afetada, assim com mal-hálito forte. No entanto, se a doença não for contida, há o risco de a inflamação se espalhar para os ossos que sustentam os dentes. O que pode comprometer seriamente a saúde bucal.

Uma questão de hábito

Uma maneira eficaz para evitar a gengivite é limpar bem as gengivas durante a escovação. Não basta apenas esfregar a escova contra os dentes, é preciso massagear as gengivas. Pois só assim há uma limpeza eficaz da região.

Outra prática fundamental é o uso do fio dental, capaz de remover resíduos entre o tecido mole e os dentes. E não deixe de consultar seu periodontista regularmente.

Para saber mais informações sobre periodontia BH, acesse a página de periodontia BH no site da Odontológica São José.

 

Implante: reabilitação perfeita

implante1

O implante dental é um dos procedimentos odontológicos mais modernos e eficazes para repor um dente perdido. O procedimento consiste em remover a raiz, comprometida por alguma doença bucal, e aplicar um pino de titânio. Esta peça servirá de apoio para uma prótese que substituirá as funções do dente doente.

Uma das vantagens do implante é o conforto e segurança que oferece ao paciente. Por contar com uma estrutura semelhante a de um dente natural, não há riscos de a prótese afrouxar ou se soltar durante a mastigação. Outro ponto positivo do implante é sua aparência natural, em que não há diferenças entre o restante da arcada.

Cuidados com a higiene

No entanto, é preciso ter os mesmos cuidados com a limpeza do implante como nos demais dentes. Pois, mesmo que o implante tenha uma raiz metálica resistente a desgastes, o acúmulo de resíduos de alimentos acentuam o surgimento de placas bacterianas. Estas podem desencadear inflamações nas gengivas, halitose e até comprometer os demais dentes naturais.

Para saber mais informações sobre implante BH, acesse a página de implante BH no site da Odontológica São José.

 

Odontopediatria: cuidados com os dentes antes de nascerem

A odontopediatria atua principalmente na prevenção de males bucais nos pequenos. Mas também age no trabalho de conscientizar e criar hábitos saudáveis de higiene bucal. Para muitas crianças escovar o dentes é quase um castigo. Afinal, qual é o menino que quer perder um minuto sequer de brincadeira com alguma tarefa? E quanto mais sedo a criança tiver contato com práticas de escavação, mais fácil se cria o hábito.

O cuidado com os dentes devem começar logo nos primeiros meses de vida. A odontopediatria é muito importante para a saúde bucal e no desenvolvimento da arcada dentária e região óssea das mandibulas. Isso porque, mesmo que o dentes sejam de leite, infecções, cáries e outros males podem comprometer a formação dental da criança causando sequelas para resto de sua vida.

E despertar o interesse dos pequenos é uma das atribuições do profissional da odontopediatria. De forma divertida e didática, as crianças aprendem a cuidar dos dentes como se fosse uma brincadeira. Assim, elas aprendem a importância de manter seus dentes sempre limpos, sejam eles de leite ou permanentes.

Então, quando o primeiro dentinho resolver apontar, não deixe de agendar uma consulta em um especialista em odontopediatria. Pois quanto mais cedo iniciar o trabalho de prevenção de doenças, menores serão os riscos de a criança desenvolver males bucais no futuro.

Horário de Funcionamento:

Segunda a sexta, de 8:00h às 19:00h.